Covid-19

Liderança da Festa do Divino do Vale do Guaporé morre por Covid-19

Mestre João Gomes estava internado em Porto Velho, quando morreu por complicações da doença. Uma novena em homenagem ao líder dos Foliões da mais tradicional Romaria de Rondônia começa nesta quinta-feira.

Por Marcelo Winter - Rondônia Já

quinta-feira, 22/04/2021 - 02:10
Liderança da Festa do Divino do Vale do Guaporé morre por Covid-19
Mestre João Gomes

Mestre João Gomes, 73, morreu por Covid-19 na segunda-feira(20) em uma Unidade de Saúde de Porto Velho, após uma internação de 3 dias na capital. Líder da Festa do Divino Espírito Santo, estava internado anteriormente no Hospital Municipal de Guajará-Mirim, desde o dia 05.

Mestre João, como era conhecido, foi um dos primeiros romeiros da Romaria do Vale do Guaporé e Mamoré. Participava da maior e mais antiga festa religiosa de Rondônia desde 1958 e morava na localidade ribeirinha de Surpresa, na Fronteira Brasil/Bolívia, desde 1983.

Nos últimos 20 anos foi Mestre de Foliões, liderando as cantorias feitas pelos romeiros da Irmandade do Divino Espírito Santo de Surpresa, durante a Romaria que percorre diversas localidades ribeirinhas de Rondônia nos Vales do Guaporé e Mamoré.

 

Novena de Mestre João

Sede da Irmandade do Divino em Surpresa

Na manhã desta quinta-feira(22), a Irmandade do Divino Espírito Santo, no distrito de Surpresa, começa uma novena em memória do Mestre João.

Desde 2020 a Festa do Divino Espírito Santo nos Vales do Guaporé e Mamoré está suspensa por causa da Covid-19.