Covid-19

Vacinação para pessoas com comorbidades e acima de 40 anos é aberta em Porto Velho

A vacinação será nesta sexta-feira (28) e público-alvo deve estar agendado pelo aplicativo SASI e confirmado.

Liebe Schmidt

sexta-feira, 28/05/2021 - 07:00 • Atualizado 15:59
Vacinação para pessoas com comorbidades e acima de 40 anos é aberta em Porto Velho
Vacinação contra Covid-19

A partir de sexta-feira (28), o município de Porto Velho começa a imunizar pessoas com comorbidades a partir de 40 anos. O público – alvo desta campanha abrange as pessoas que se cadastraram através do aplicativo SASI e que foram confirmados os agendamento de data e horário via e-mail ou aplicativo. A vacinação continuará sendo no campus I da Faculdade Uniron, das 9h às 16h.

Além de pessoas com 40 anos ou mais, com comorbidades, serão atendidas nesta sexta:

• Pessoas com doença renal crônica acima de 18 anos;

• Pessoas com Síndrome de Down acima de 18 anos;

Gestantes e puérperas com comorbidades acima de 18 anos;

• Pessoas com Deficiência Permanente, cadastradas no Programa de Benefício de Prestação Continuada (BPC) com 40 anos ou mais;

Lista de comorbidades

Segundo a Nota Técnica 467/2021, a comprovação da comorbidade deverá ser realizada conforme recomendações do Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19, ou seja, no ato da vacinação a pessoa deverá comprovar a doença pré-existente através de exames, receitas, relatório médico, prescrição médica, laudo, cartão do BPC, cartão do hiperdia, entre outros.
São definidas como comorbidades as doenças relacionadas na lista do Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19, páginas 32 e 33.

Deficiência permanente

Para fins de inclusão na população alvo para vacinação, serão considerados indivíduos com deficiência permanente severa aqueles que apresentem uma ou mais das seguintes limitações:
1 – Limitação motora que cause grande dificuldade ou incapacidade para andar ou subir escadas;
2 – Indivíduos com grande dificuldade ou incapacidade de ouvir (se utiliza aparelho auditivo esta avaliação deverá ser feita em uso do aparelho);
3- Indivíduos com grande dificuldade ou incapacidade de enxergar (se utiliza óculos ou lentes de contato, esta avaliação deverá ser feita com o uso dos óculos ou lente);
4- Indivíduos com alguma deficiência intelectual permanente que limite as suas atividades habituais, como trabalhar, ir à escola, brincar, etc.