Covid-19

Porto Velho vai vacinar veterinários, saúde e instrutores de academias nesta sexta(11)

Em Porto Velho, outros grupos também serão vacinados, como os trabalhadores da educação em creches e pré-escolas, bem como puérperas, gestantes e idosos acima de 60 no geral.

Por Marcelo Winter - Rondônia Já

quinta-feira, 10/06/2021 - 22:55 • Atualizado 22:56
Porto Velho vai vacinar veterinários, saúde e instrutores de academias nesta sexta(11)
Vacinação na saúde - Foto: Divulgação

Porto Velho vai retomar, nesta sexta-feira (11), a vacinação dos trabalhadores da saúde em geral. Nesta etapa, também serão atendidos os médicos veterinários, bem como auxiliares e técnicos em veterinária, e educadores físicos que atuam em academias.

Para receber a vacina é preciso comprovar o vínculo empregatício com o estabelecimento de saúde em que atua. Todos os grupos devem efetuar o cadastro no aplicativo SASI.

Outros grupos

Será vacinado também, nesta sexta-feira, o público prioritário que já vem sendo atendido na capital:

• Pessoas com 18 anos ou mais com comorbidade;

• Pessoas com doença renal crônica acima de 18 anos;

• Pessoas com Síndrome de Down acima de 18 anos;

• Pessoas com Deficiência Permanente acima de 18 anos;

• Profissionais da educação que atuam em creches e pré-escola.

Os idosos acima de 60 anos, que ainda não tomaram a vacina, também serão atendidos.

Esse público deve comparecer ao campus I da Uniron, na Av. Mamoré, das 9h às 16h.

Já as gestantes e puérperas, com ou sem comorbidades, acima de 18 anos, devem se vacinar no Centro Integrado Materno Infantil (CIMI), na Rua Venezuela, 2356, no bairro Embratel, ao lado da Maternidade Municipal de Porto Velho, das 9h às 16h.

O que precisa levar

As pessoas com comorbidade devem apresentar documento que comprove a condição. No caso dos trabalhadores da saúde, é preciso apresentar documento de atuação que ateste o vínculo com a instituição.

As grávidas e puérperas com ou sem comorbidade não precisam mais apresentar prescrição médica. Grávidas devem apresentar a caderneta da gestante e puérperas devem apresentar a certidão ou declaração de nascimento da criança com até 45 dias.

Os trabalhadores da educação devem também apresentar documento que comprove vinculando com a instituição educacional.

Fonte: Assessoria Semusa de Porto Velho