Covid-19

Capital e municípios de Rondônia suspendem vacinação contra Covid por falta de doses

Rondônia recebeu novas remessas de vacinas, mas, ainda não distribuiu aos municípios.

Por Marcelo Winter - Rondônia Já

quinta-feira, 01/07/2021 - 16:46
Capital e municípios de Rondônia suspendem vacinação contra Covid por falta de doses
Vacina contra Covid-19 - Foto: Divulgação

Porto Velho suspendeu a vacinação para a primeira e segunda dose contra Covid-19 por falta de vacinas. Mais nove municípios de Rondônia estão com a vacinação suspensa para a primeira dose de imunização contra o coronavírus nesta quinta-feira (01). Dois municípios paralisaram também a aplicação da segunda dose. Faltam vacinas para imunizar a população.

Os seguintes municípios estão com a vacinação suspensa para a primeira dose:

  • Ariquemes;
  • Cerejeiras;
  • Itapuã do Oeste;
  • Jaru;
  • Pimenta Bueno;
  • Presidente Médici;
  • Urupá, e;
  • Vilhena.

Neles, apenas a segunda dose é aplicada.

Em Alvorada do Oeste foram suspensas as imunizações com a dose de reforço, porém, os atendimentos são normais para os que vão iniciar a vacinação.

Uma nova remessa de vacinas da AstraZeneca enviada pelo Ministério da Saúde chegou à Rondônia na quarta-feira (30), e nesta quinta-feira (01) chegou 19.890 doses da vacina Pfizes, mas, as doses ainda não foram distribuídas aos municípios.

Recomendação TCE e CGU

Há dois meses, os órgãos de controle tem se reunido com as autoridades estaduais e municipais para sensibilizar que apliquem todas as doses de vacina recebidas. Na sexta-feira (25), Rondônia apresentou uma taxa de vacinação superior a 80%, bem maior que as taxas apresentadas em semanas anteriores. Entretanto alguns municípios, ainda, apresentam taxas inferiores a 60%, deixando de vacinar parcela significativa da população.

Com a recomendação do TCE e CGU, os municípios intensificaram a aplicação de vacina, ao invés de guardar o imunizante para a segunda dose, tal qual recomendou também o Ministério da Saúde, porém, nem sempre a vacina chega a tempo de fazer a aplicação contínua em Rondônia, o que se comprovou nesta quinta-feira (01).