Indígenas

Operação explode pontes na Terra Indígena Karipuna – VEJA O VÍDEO

A ação, realizada na segunda-feira (24) em conjunto com o Exército Brasileiro, FUNAI, IBAMA, Força Nacional e PRF é para combater as invasões à Terra Indígena.

Por Marcelo Winter - Rondônia Já

segunda-feira, 24/05/2021 - 19:47
Operação explode pontes na Terra Indígena Karipuna – VEJA O VÍDEO
Operação Crepitus - Foto: Assessoria PFRO

A Polícia Federal realizou na segunda-feira (24) a “Operação CREPITUS, na Terra Indígena Karipuna, para prevenir e reprimir a entrada de invasores.

A ação, realizada em conjunto com o Exército Brasileiro, FUNAI, IBAMA, Força Nacional e PRF está destruindo pontes clandestinas na região, bem como maquinários e outros objetos utilizados para a prática de crimes ambientais na Terra Indígena.

A operação, cujo nome em latim significa explosão, também vai fiscalizar a presença de pessoas não autorizadas na região e outros crimes praticados, com a lavratura de flagrantes.

De acordo com as investigações realizadas, há no entorno da terra indígena diversas pontes clandestinas que foram construídas por invasores, que buscam ocupar e desmatar a Terra Indígena.

Ao longo dos últimos anos foram realizadas diversas operações pela Polícia Federal na região, que buscou desarticular grupos criminosos organizados que atuavam na localidade, a exemplo da Operação SOS Karipuna e a Operação Kawyra, o que reduziu consideravelmente a prática de crimes na TI Karipuna.

Abaixo, vejam o vídeo da explosão de uma ponte na TI Karipuna:

A operação continua ao longo desta semana

A Terra Indígena Karipuna fica entre os municípios de Porto Velho e Nova Mamoré, ao lado da Resex Jaci-Paraná e do Parque Estadual Guajará-Mirim, as duas reservas ambientais que perderam grande parte de suas áreas com a votação e sanção da Lei Complementar 1.089.

Na prática, os mesmos invasores que devastaram as duas reservas e foram premiados pelo governador e deputados estaduais com a legalização da grilagem agora tentam ir além, invadindo e desmatando também a Terra Indígena Karipuna. Só que o Ministério Público Federal, o Exército, a Funai, a Força Nacional, a PRF, o Ibama e a Polícia Federal estão de olho.

Onde fica a TI Karipuna – Foto: PGE RO

Fonte: Assessoria de imprensa da PF/RO