Notícia

Marcos Rogério é chamado de palhaço por Randolfe Rodrigues em CPI da Pandemia

Marcos Rogério também ouviu de Randolfe Rodrigues que “só protege bandido”.

Por Marcelo Winter - Rondônia Já

quarta-feira, 06/10/2021 - 20:28 • Atualizado 08/10/2021 - 16:09
Marcos Rogério é chamado de palhaço por Randolfe Rodrigues em CPI da Pandemia
Marcos Rogério durante depoimento de Paulo Rebello, diretor-presidente da ANS - Foto: Reprodução YouTube

Os senadores Randolfe Randolfe Rodrigues (Rede-AP) e Marcos Rogério (DEM-RO) discutiram na tarde desta quarta-feira (5) durante a sessão da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia.

O bate boca começou após Marcos Rogério perguntar ao depoente Paulo Roberto Vanderlei Rebello Filho, diretor-presidente da ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar), se ele teria algum parentesco com algum senador do Partido dos Trabalhadores.

“Vossa Senhoria tem algum parentesco, com algum agente público, que já tenha tido assento nesse Senado Federal? Vossa senhoria tem algum parentesco com algum ex-senador da República?” Pergunta Marcos Rogério ao depoente.

“Tenho, sim”, responde Paulo Roberto.

“De qual partido [é o Lindbergh]?”, insiste Rogério.

“Ele é do PT”, ressalta o diretor da ANS.

Marcos Rogério sorri com ironia e diz que “toda uma narrativa estava sendo construída” durante o depoimento na CPI.

Um bate-boca tem início com os senadores da oposição interrompendo a fala do político governista e perguntando a Marcos Rogério o que ele estaria tentando insinuar.

O vice-presidente da CPI, Randolfe Rodrigues, então refaz a pergunta ao depoente: “O senhor tem alguma relação política com o senhor Lindbergh Faria, que é o seu primo? Ele te indicou para o cargo?”.

O diretor da ANS responde: “Nenhuma”.

Irritado, Randolfe Rodrigues fala a Marcos Rogério:

“Deixa de ser mentiroso, Marco Rogério! Deixa de fazer palhaçada. Se isso é um circo, tu é o maior palhaço. Vem aqui proteger Ricardo Barros. Só protege bandido, cara”.

VEJA O VÍDEO: