Polícia

Criança de 2 anos se abriga em geladeira e escapa de incêndio em Cuiabá

Os vizinhos encontraram a criança escondida dentro da geladeira, único bem que resistiu às chamas.

Por Redação Rondônia Já

sábado, 10/07/2021 - 00:56
Criança de 2 anos se abriga em geladeira e escapa de incêndio em Cuiabá
Casa pegou fogo e criança se salvou entrando em geladeira - Foto: divulgação

Um menino de apenas 2 anos sobreviveu a um incêndio, no bairro Altos da Serra, Cuiabá, se abrigando dentro de uma geladeira, na madrugada de sexta-feira (09). A mãe teria deixado a criança sozinha.

De acordo com informações da Polícia Civil, os vizinhos perceberam que a residência pegava fogo e apagaram as chamas com baldes de água. Ao procurarem por alguém dentro da casa, encontraram o garoto escondido dentro da geladeira, único bem que resistiu às chamas.

O Corpo de Bombeiros foi acionado, mas o fogo já estava controlado quando a equipe chegou ao local. A criança foi levada para atendimento médico e realizou exames que constataram que ela estava saudável, tendo sofrido apenas alguns arranhões.

O proprietário do imóvel foi informado do incêndio e que, quarto, sala, forros e sofá foram destruídos pelas chamas. Ele alugou o imóvel para a mulher e atualmente mora em Várzea Grande.

A mãe do menino só apareceu horas após o incêndio. Por volta das 7h um vizinho conseguiu contato com a mulher e, depois, o Conselho Tutelar falou com ela. No primeiro momento a mãe disse que saiu para trabalhar, mas depois admitiu que tinha ido a uma festa.

Ela foi presa e o caso é investigado pela Delegacia Especializada de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (Deddica).

Conforme a conselheira Jucilene Xavier, aparentemente o garoto estava há muitas horas sozinho, desacompanhado de um responsável. Ele foi alimentado e estava com muita fome. Comeu tudo o que lhe ofereceram, pão, leite e o que havia disponível. Todavia, não estava desnutrido e não aparentava maus tratos, apenas estava com as unhas sujas, provavelmente em virtude da fumaça.

“Nós, a promotora, nunca vimos algo assim. Estamos todos chocados com a situação. É um milagre essa criança estar bem. Parece que foram anjos que pegaram e colocaram na geladeira”, disse a conselheira.

Como não foi localizado nenhum familiar, a criança foi entrega ao abrigo para menores.