Polícia

Pastor e Secretário Municipal do Meio Ambiente é executado a tiros no Pará

O assassinato do secretário pode estar relacionado a atuação enérgica no combate à pesca predatória.

Por Redação Rondônia Já

terça-feira, 13/07/2021 - 19:34 • Atualizado 14/07/2021 - 15:21
Pastor e Secretário Municipal do Meio Ambiente é executado a tiros no Pará
Secretário do Meio Ambiente é executado no Pará - Foto: divulgação

O Secretário Municipal de Meio Ambiente e Pesca de São João do Araguaia, Pará, foi executado a tiros na manhã desta terça-feira (13). Benisvaldo Bento da Silva, 56 anos, estava pilotando uma motocicleta Honda Bros quando foi alvejado na PA-405, entre Vila de Cajazeiras e a Vila Km 40, localizada às margens da Transamazônica (BR-230).

Após a execução, o corpo e o veículo caíram no mato, ao lado da pista da rodovia. O trecho onde ocorreu o assassinato, à altura do km 06, era caminho rotineiro da vítima, que diariamente saía da vila, onde morava, até a Prefeitura Municipal de São João do Araguaia.

Segundo informações, a execução pode estar ligada à atuação enérgica da vítima na pasta que administrava. Como exemplo citado, no período do defeso da piracema, entre novembro de 2020 e março de 2021, a Secretaria de Meio Ambiente apreendeu várias redes e outros instrumentos de pesca, deixando muitas pessoas insatisfeitas pois os materiais apreendidos custaram caro.

O secretário estava a frente da SEMMA desde janeiro

O secretário assumiu a SEMMA desde janeiro – Foto: divulgação

Ele foi empossado no início deste ano, no começo da gestão da prefeita Marcellanne Cristina Sobral Martins (PDT). Antes de ser secretário, irmão Benisvaldo, como era conhecido, também ocupou cadeira na Câmara de Vereadores de São João do Araguaia.

Antes de Benisvaldo, um irmão dele, Paulo Henrique Bento da Silva, também teve a vida ceifada em uma execução.

Equipes policiais foram acionadas no local do crime, assim como o Instituto Médico Legal (IML) de Marabá, que faz a remoção do cadáver.