Polícia

Delegado e homem trocam tiros numa casa de eventos e morrem em Porto Velho

A Polícia Civil ainda investiga a causa da discussão que provocou o tiroteio, mas, existem áudios de supostas testemunhas circulando em redes sociais.

Por Marcelo Winter - Rondônia Já

domingo, 25/07/2021 - 03:32 • Atualizado 16:04
Delegado e homem trocam tiros numa casa de eventos e morrem em Porto Velho
José Valney Calixto - Foto: Reprodução Facebook

O delegado José Valney Calixto de Oliveira, da Polícia Civil, foi morto com um tiro na cabeça na noite de sábado (24) em uma casa de eventos na Estrada dos Periquitos, bairro Ulisses Guimarães, zona leste de Porto Velho, durante uma troca de tiros com outro homem, após um desentendimento.

A assessoria da Polícia Civil ainda não foi divulgado a motivação dos disparos. Existe porém, uma versão extraoficial. Um áudio de uma suposta testemunha cita que as vítimas estavam numa confraternização da Polícia Civil em um clube inaugurado naquele evento na área chacareira do bairro Ulisses Guimarães, quando em determinado momento alguém teria atirado gelo para cima e um pedaço bateu na cabeça do delegado, que ficou nervoso e começou a discutir.

Todos os envolvidos, com a tensão, teriam sacado armas, mas, tiveram os ânimos contidos pelos outros policiais civis presentes na festa.

Após a saída dos policiais e também do delegado, segundo o áudio, Calixto, inconformado com a afronta teria voltado ao local. Foi quando houve o tiroteio. Um dos projéteis acertou o rosto de Valney Calixto e ele morreu antes de ser socorrido. Esta versão não oficial ainda não foi confirmada pela polícia, mas, está circulando em grupos de whatsapp.

Um outro homem, de 37 anos, também acabou baleado na casa de eventos e foi levado para a Policlínica José Adelino, no bairro Ulisses Guimarães, onde morreu durante o atendimento. Ainda não foi confirmado se a segunda vítima também pertencia à Polícia Civil.

Policiais da Delegacia de Homicídios foram chamados e estão no estabelecimento comercial investigando se há uma terceira pessoa envolvida no tiroteio.

O delegado, segundo amigos, faleceu um dia antes de fazer aniversário. No Instagram da Polícia Civil foi publicada uma nota de pesar.

Nota de pesar Polícia Civil – Foto: Reprodução Instagram