Polícia

Polícia Civil faz operação contra casas de jogos de azar em Porto Velho

A Polícia Civil de Rondônia fechou 4 casas ilegais de jogo de azar na capital.

Por Redação Rondônia Já

quarta-feira, 28/07/2021 - 00:14
Polícia Civil faz operação contra casas de jogos de azar em Porto Velho
Máquinas de jogos de azar - Foto: Divulgação

A Polícia Civil de Rondônia, através da 7ª Delegacia de Polícia – 7ª DP, com apoio do Departamento de Polícia Metropolitana – DEPOM, deflagrou na terça-feira (27) a operação “LUDOMANIA” para combater a contravenção penal de jogos de azar em Porto Velho.

O inquérito policial já identificou os responsáveis pela ação criminosa, que responderão pelos crimes contra a economia popular e jogos de azar que causam prejuízo a diversas pessoas.

Os policiais da 7ª DP iniciaram as investigações para averiguar a prática ilegal na região. Os agentes identificaram quatro pontos de exploração de jogos de azar e de crimes contra a contra a economia popular.

Os idosos e pessoas vulneráveis eram o maior público das casas. A “fezinha” semanal dava prejuízos financeiros incalculáveis aos anciãos. Tendo em vista que, as máquinas eram programadas via Linux para enganar os “clientes”.

O delegado Victor de Santana Menezes, titular da 7ª DP, preside o inquérito policial. A Autoridade Policial representou pelos quatro mandados de buscas e apreensão, os quais foram deferidos pela justiça.

Polícia Civil apreende máquinas e armas

Na terça-feira, 27 policiais civis cumpriram as ordens judiciais. Dezenas de máquinas caça-níqueis, grande quantia em dinheiro e demais objetos necessários à jogatina foram apreendidos pelas equipes.

Durante a operação, os investigadores também apreenderam uma pistola e uma espingarda calibre 12, além de dezenas de munições, localizadas em uma das residências, alvo da busca domiciliar. Os policiais civis prenderam uma pessoa pelo crime de posse ilegal de arma de fogo. O suspeito foi encaminhado à 7ª DP para a lavratura do Inquérito Policial.

O nome da operação “Ludomania” faz referência ao nome da doença que atinge as pessoas viciadas em jogos de azar por dinheiro. Desta forma, a compulsão obsessiva tornava os clientes incapazes de controlar seus estímulos, querendo sempre jogar mais.

Fonte: Ascom PCRO