Polícia

VÍDEO – Policial civil é assassinado a tiros duas horas antes de seu casamento

O assassinato do policial civil aconteceu por volta das 14h, enquanto a cerimônia do casamento estava marcada para 16h30.

Por Redação Rondônia Já

domingo, 22/08/2021 - 17:39 • Atualizado 23/08/2021 - 17:02
VÍDEO – Policial civil é assassinado a tiros duas horas antes de seu casamento
Convite de casamento do policial civil assassinado a tiros - Foto: divulgação

O investigador Ricardo Marcos Pinto Coelho Barcelos, da Polícia Civil de Minas Gerais, foi assassinado atiros no sábado (21), na cidade de Fundão (ES), horas antes do seu casamento. Ele estava colocando uma faixa do casamento no local quando os criminosos se aproximaram e atiraram.

O assassinato do policial aconteceu por volta das 14h, enquanto a cerimônia do casamento estava marcada para 16h30. Seis tiros foram disparados contra Ricardo Marcos que tinha 50 anos.

O policial civil chegou a trocar tiros com eles, mas acabou sendo atingido e caiu no chão. Imagens de uma câmera de segurança registraram a ação dos criminosos.

De acordo com o boletim de ocorrência do caso, o policial foi atingido com um tiro na costela. Ele chegou a ser socorrido e encaminhado a um hospital na Serra (ES), mas morreu na unidade de saúde.

Conforme a Polícia Militar, três homens suspeitos de terem participado do assassinato foram localizado e levados para a Delegacia de Aracruz. A Polícia Civil ainda apura qual foi a motivação do crime.

VEJA O VÍDEO:

O CASAMENTO

Segundo informações, a faixa que o policial estava colocando na cidade era para convidar as pessoas para o casamento, que aconteceria na praia de Enseada das Garças, na cidade de Fundão (ES).

A mulher que estava noiva da vítima chama-se Eloara e o casal fez um convite de casamento, convidando as pessoas para a celebração do matrimônio na praia, onde está escrito ” Nós dizemos sim para o amor”,  e também “Um bom amor é reconhecido porque nele podemos ser exatamente como somos e deixamos o outro ser exatamente como ele é”.