Política

Presidente da Palmares sugere, em Twitter, que Maju Coutinho é preto de coleira

Sérgio Camargo foi ao Twitter comentar a reportagem do Fantástico, exibida no domingo (29), sobre a ação do MPT contra ele.

Por Júlia Portela / Metrópoles

segunda-feira, 30/08/2021 - 17:01 • Atualizado 17:23
Presidente da Palmares sugere, em Twitter, que Maju Coutinho é preto de coleira
Sérgio Camargo, presidente da Fundação Palmares - Foto: Sérgio Lima/Poder 360

O presidente da Fundação Palmares, Sérgio Camargo, foi às redes sociais comentar a reportagem do Fantástico, exibida nesse domingo (29). O programa revelou um trecho da ação do Ministério Público do Trabalho (MPT) contra Camargo, em que o ministério afirma que o presidente “contaminou todo o ambiente de trabalho e gerou terror psicológico”.

“A matéria do Fantástico é 100% mentirosa e canalha, mas, ironicamente, me fortalece muito. Obrigado, imbecis!”, escreveu no tuíte.

Camargo ainda completou com uma ofensa à jornalista Maju Coutinho: “Não sou um preto de coleira. Não sou como a Maju…”. A publicação foi apagada alguns minutos depois.

A reportagem expôs trechos da ação que mostra frases ditas por Camargo, como “Máquina zero obrigatória para a negrada”, “Negro de esquerda é burro” e “A escravidão foi terrível, mas benéfica para os descendentes”. Ao menos 16 servidores e ex-funcionários alegam ter passado por humilhação e terror psicológico na entidade.

De acordo com o programa, a investigação começou a partir de denúncias do movimento negro no Brasil, que pressiona pela saída de Camargo desde que ele assumiu o cargo.

Alguns minutos após apagar a publicação inicial, o presidente da fundação fez um novo tuíte, em que critica novamente a reportagem. Essa segunda declaração veio em resposta a um seguidor que comentou que Camargo ficará “rico em breve”, afirmando que a matéria no programa dominical “trouxe um motivo ‘fantástico’ para que isso aconteça”.

“Rico não faço ideia, mas que a matéria do corrupto e desonesto Fantástico, ironicamente, me fortalece, disso não tenho dúvida! “, respondeu. “São racistas e gostam de pretos na sua coleira. Comigo, não!“.