Política

Bolsonarista Oswaldo Eustáquio diz que teve prisão revogada por Alexandre de Moraes

O blogueiro bolsonarista está no México e diz que aguarda deferimento do habeas corpus de Zé Trovão para que ambos voltem ao Brasil.

Por Thayná Schuquel/Metrópoles

sexta-feira, 10/09/2021 - 18:45 • Atualizado 11/09/2021 - 17:53
Bolsonarista Oswaldo Eustáquio diz que teve prisão revogada por Alexandre de Moraes
Oswaldo Eustáquio e sua esposa Sandra Terena - Foto: reprodução Twitter

O blogueiro bolsonarista Oswaldo Eustáquio afirmou ao Metrópoles, nesta sexta-feira (10), que teve a prisão revogada pelo ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF). O caso corre sob sigilo na Corte.

De acordo com o apoiador do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), “já não consta mais, no banco de dados, a prisão preventiva no Brasil”.

O apoiador do mandatário da República está no México, onde também se encontra o caminhoneiro Zé Trovão, que está foragido após ter a prisão decretada por Moraes.

“Agora a gente espera, para as próximas horas, o deferimento do habeas corpus que foi ajuizado a favor do Zé Trovão. Quando isso acontecer, a gente volta ao Brasil”, disse.

Zé Trovão teve um mandado de prisão expedido por incitar atos de violência no 7 de Setembro. O investigado, contudo, não se entregou e fugiu. Oswaldo gravou uma live com ele e, por isso, também foi alvo de decisão de Moraes. Nesta sexta-feira, deputados bolsonaristas apresentaram habeas corpus para livrar o caminhoneiro da cadeia.

Trégua entre Poderes?

Se confirmada, a revogação da prisão de Oswaldo Eustáquio pode ser o primeiro aceno de trégua do Judiciário após Bolsonaro recuar e dizer que nunca teve a intenção de agredir a Corte. O chefe do e

xecutivo federal conversou com Alexandre de Moraes, por telefone, na quinta-feira, antes de divulgar uma “declaração à nação”, em tom de pacificação.

O diálogo foi intermediado pelo ex-presidente Michel Temer (MDB), que se reuniu com Bolsonaro nesta quinta, no Palácio do Planalto, e ajudou o atual mandatário a redigir o texto da declaração.